quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Domingo Tem Teatro - O Mágico de Oss

Os abraçadinhos estão prontos para chegar em São Carlos do Ivaí e Paranavaí com o espetáculo O Mágico de Oss!

A Céu Vermelho, em parceria com a Cia. do Abração, através do Edital Domingo Tem Teatro - Quarta Edição, promovido pela Secretaria Estadual de Cultura do Paraná, apresentará o espetáculo O MÁGICO DE OSS, direcionado ao público de crianças de todas as idades, nas cidades de São Carlos do Ivaí (agosto) e Paranavaí (setembro).

A Céu Vermelho propõe a releitura do clássico “O Mágico de Oss”, para ressaltar temas como a construção da identidade e o caminho a trilhar em busca da sabedoria e de reconhecimento das ações para a valorização de virtudes humanas. Na nossa história, a protagonista, Doroti, uma menina egoísta e dominadora, briga com seus amigos e se sente incompreendida por seus avós. Em um ataque de fúria, a menina egoísta que acredita que a vida que leva é sem graça e sem cores, se vê abduzida por um furacão que a transporta para um lugar mágico e colorido.




Esperamos vocês!

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

A TERRA DO NUNCA

Sete luas adiante
onde o sol se põe e 
as estrelas conversam
Os tempos se cruzam
circundam uma pequena ilha

A Terra do Nunca,
nunca por nunca,
de maneira nenhuma,
em tempo algum,
ali alguém se atreve a crescer
crescer, crescer
acreditar e ser 
sempre.

Sete luas adiante
onde o sol se põe e 
as estrelas conversam
Os tempos se cruzam
circundam uma pequena ilha

A Terra do Sempre?
Porque o sempre fica dentro
do nunca e o crescer,
acreditar e ser
fica dentro da gente...
eternamente.

Sete luas adiante
onde o sol se põe e 
as estrelas conversam
Os tempos se cruzam
circundam uma pequena ilha

A Terra do Nunca,
na totalidade do tempo,
nunca por nunca,
continuamente,
sempre
ali podemos crer no ser.

BARRICA

Senhor Capitão,
Preciso muito lhe dizer,
Olhe só esse mar, parece uma multidão, vamos até lá.
O barco não pode parar senhor capitão!

Pense bem quantos mares de loucuras ainda havemos de passar.
Quantas batalhas contra, tesouros que encontra...conta, conta!
O barco não pode parar senhor capitão!

Aqui na Terra do Nunca a gente perde o compasso, deixa cair a sombrinha, é um fracasso!
Não me entenda mal senhor capitão, mas é que o Peter Pan só faz rebuliço, muda o ritmo.

O tempo já não é mais o mesmo,
Não dá para ficar parado, tem que caminhar, 
passo a passo, seguindo um compasso...
Assim ó tique taque tique taque tique taque...



O que é a Terra do Nunca?

A Terra do Nunca é um lugar onde cabem todos os sonhos de cada uma das crianças que nela habitam, e de todos que um dia a visitarem.
Cada um tem sua própria Terra do Nunca, cada um tem seu próprio sonho, e sempre há um jeito de o sonho ser encontrado e nunca ser perdido.
Lá os sonhos são a coisa mais importante, e pra quem acredita, ela nunca deixará de existir.

Terra do NUNCA

A Terra do Nunca é 
como estar em um sonho bom 
e nunca acordar.
É conviver com sereias, 
índios e piratas
a navegar.
É a todo momento,
ter várias fadas
a te iluminar.
É fazer amigos, que o 
tempo e a distância 
nunca hão de separar.

A Terra do Nunca
Nunca terá fim
Porque nela habita
uma criança sonhadora.
E um lugar onde
há tanta energia assim
Não se espera nada 
menos, do que 
Uma vida duradoura.

Que lugar é esse?

                   Terra do Nunca

          O lugar onde me reinventei
     Me virei do avesso e descobri
Que esse era meu lado certo

          Não mudei quem eu sou
     Mas assumi o papel de mãe
Por isso, busquei o que havia de melhor em mim

Ser mãe - Pelos olhinhos de Wendy

Wendy - Eu nunca tinha encarado tamanha responsabilidade como aqui na terra do nunca. Eu tive até que ser mãe!!! Ahhh, ser mãe. Ser mãe!
Peter - Sermão?
Wendy - Não Peter, ser mãe não é assim como você pensa.
Peter - Duvido. Eu sempre estou certo de tudo o que penso! (...) Mas... Como é que é, então?
Wendy - Ah, Peter, ser mãe é cuidar, é passar ensinamentos. Ser mãe é contar histórias, é afofar a coberta de um jeito que só mãe sabe. É deixar a gente correr e ralar o joelho, mas depois faz curativo e até sopra o machucado!!! Ser mãe não é só dar a luz a um bebê. Até porque, nem precisa disso pra ser mãe, sabia? Do mesmo jeito que eu fui mãe na Terra do Nunca, por oferecer meus cuidados e trocar afeto.
Tem mãe que o nosso coração escolhe sem a gente perceber, mas quando viu já é!
Ser mãe é nunca abandonar, mesmo não estando perto. Ser mãe é confiar de olhos fechados, é dar conselho...
Pensando bem, ser mãe também é sermão... É porque as vezes mãe tem mania de proteção. Mas sabe que eu gosto? Faço cara feia pra minha mãe sempre que ela vem com esse papo, mas no fundo eu entendo que tudo o que ela faz é pro meu bem. E eu acho que mãe é isso, sabe? É amar até os defeitos, cada pedacinho, é saber que sempre terá alguém te apoiando e te ajudando a seguir o melhor caminho.
Ser mãe é carinho.